domingo, 18 de julho de 2010

Ou, quem sabe até volto.
Falo o que não deveria.
Prendo-me um pouco mais ao irreversível,
E olho ao longe.

Ouço palavras escritas,
Leio as que foram ditas,
e levo uma vida.

Cifras ecoam em um violão,
sintonia em olhares.
momentos de uma canção,
pensamentos presos em lugares.


perdidos, incertos.. o abstrato, meu concreto.

3 comentários:

bizudoinnecco disse...

Perfeito, como sempre. Sem mais a comentar, você já sabe que é absurdamente maravilhosa.
Bjs, do Innecco

ℒetícia ♡ disse...

Olá.
Eu vi o sue Blogger na revista ATREVIDA. Por curiosidade passei por aqui. Acabei gostando, e estou seguindo :)

http://leticiac04.blogspot.com/

Jéssica Feller disse...

"perdidos, incertos.. o abstrato, meu concreto."

a frase mais linda que li em meses! Volte para o blog!! estou precisando de mais frases assim..


um beijão!

domingo, 18 de julho de 2010

Ou, quem sabe até volto.
Falo o que não deveria.
Prendo-me um pouco mais ao irreversível,
E olho ao longe.

Ouço palavras escritas,
Leio as que foram ditas,
e levo uma vida.

Cifras ecoam em um violão,
sintonia em olhares.
momentos de uma canção,
pensamentos presos em lugares.


perdidos, incertos.. o abstrato, meu concreto.

3 comentários:

bizudoinnecco disse...

Perfeito, como sempre. Sem mais a comentar, você já sabe que é absurdamente maravilhosa.
Bjs, do Innecco

ℒetícia ♡ disse...

Olá.
Eu vi o sue Blogger na revista ATREVIDA. Por curiosidade passei por aqui. Acabei gostando, e estou seguindo :)

http://leticiac04.blogspot.com/

Jéssica Feller disse...

"perdidos, incertos.. o abstrato, meu concreto."

a frase mais linda que li em meses! Volte para o blog!! estou precisando de mais frases assim..


um beijão!

 

Blog Template by YummyLolly.com
Sponsored by Free Web Space