sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Há dias venho tentando escrever alguma coisa. Porém, nada sai.
Parece que a minha inspiração foi toda junto com as lágrimas que saíram dos teus olhos, dos meus... Parece que tudo aquilo em que eu me baseava para fazer os outros fantasiarem com as minhas próprias fantasias, voou com o último sorriso compartilhado. Com o último toque...
Mas, como posso escrever tais palavras, se não as presenciei? Como posso fazer todos imaginarem que tudo não passa de uma história de amor perdida, se eu nunca a tive?
Parece que tudo que imagino, desenho em minha mente, vai para a lista das coisas que nunca vão acontecer.
Parece que tudo aquilo que eu sempre quis, se resumia em você.
Mas, afinal, quem é você?
Queria tanto conhecer essa tal pessoa que invade meus sonhos, domina as minhas poesias.
Você tem um coração? Deve ter, o meu.
Nossa, que coisa sentimental. O meu.
É, o meu. O coração que você maltrata quando vem nos meus sonhos e diz que vai ficar.
Quando você bagunça a minha cabeça, faz as palavras faltarem.
Deixa apenas suspiros.
E, eu volto para a fala apaixonada.
Volto a te defender.
Quando, na verdade, eu deveria dizer todos os seus defeitos.
Deveria dizer que você é só mais uma pessoa sem caráter, que vai com quem te oferece mais;
Deveria dizer que você é um mentiroso. Pois disse que ia voltar, e eu não te vejo há algum tempo.
Deveria dizer que você tem um péssimo gosto, pois odeio o seu perfume. Por mais que ele seja viciante...
Mas, eu não posso. Eu queria poder afirmar todos estes pseudo-defeitos, mas eu não posso.
Por mais que sejam exatamente seus.
Eu simplesmente não posso.
Não sei porquê.

Mais um pseudo-texto, para um pseudo-você;

25 comentários:

Marcos... disse...

Kynha você escreve muito bem, espões bem suas emoçoes, de uma forma que ele não fica melo dramatico, mas ainda assim ele é apaixonado, de certa forma o contexto é "VIVO", eu diria que ele é envolvente e contagiante.

agora um conselho, na vida, o primeiro passo para o fracaço, é o medo de falhar, não tenha medo de voar, porque ficar com medo de voar. espero que tudo isso passe.

Letícia disse...

Concordo plenamente! Você escreve muito e bem e sabe perfeitamente transformar em palavras o que sente, agora, o que tenho a dizer referente ao contexto é simples.
ORE. Garanto que funciona!
Beijo!

Paulo Henrique disse...

Um dia eu ainda vou socar esse garoto que penetra nos sonhos da minha pequena garotinha! <3

Talita S. disse...

É,estou no Rio :) E lendo seu blog daqui mesmo x)

Um pseudo-beijo pra você ;*

Camila :) disse...

caracas qee coraçãoo hein,
axei um texto muitoo beeem escrito *.*

Nina Fernandes disse...

Muito lindo o texto!

Mayana Carvalho.♥ disse...

A vontade de esquecer, de se fazer libertar é grande. Mas o sentimento que se senti não deixa, não permiti...

Amei!
Beijos

Ni ... disse...

Ah Kinha... pseudo-romances permeiam nossa vida...
O segredo é não desistir nunca...

Beijo e mais beijos...

'Junior - Lemão' disse...

*-*... como sempre, indiscutivel...

sem comentários... apesar, um comentário:

"Você tem um coração? Deve ter, o meu."

depois q li essa frase nem consigui ler o resto direito...

MUITO BOMM!!

Professor Che disse...

"Parece que tudo aquilo em que eu me baseava para fazer os outros fantasiarem com as minhas próprias fantasias, voou com o último sorriso compartilhado" Fantástico!! Simplesmente profundo e intenso! Sentimentos diversos, isso traz solidão. Não saber como agir depois de determinado acontecimento. Isso faz o coração pirar em um descompasso incerto. Excelente a forma como vocÊ conseguiu transmitir isso. Confesso que seu texto me atingiu em cheio, e vc conseguiu dividir sua tristeza, pelo menos eu peguei um pouco dela. Veja pelo lado bom, não sabendo como expressar, você expressou algo, foi apenas sua fantasia que mudou o tom, mas ela continuou existindo, de uma forma mais suave e realista. Novamente devo dizer FANTÁSTICO!!!!! Bjs

Nath disse...

Oi, eu simplesmente amei seu texto. estou sem o que dizer..
Continue escrevendo assim, pois é muito bom ler textos como os seus..
Bjks
Nath Souza

Joao disse...

Pow.. Bonitao esse poema..!!

=*

Thiago disse...

esses pseudos demorar a partir.

Carolzinha_ disse...

Olá,obrigada pelo comentário da minha história : A Consusa Cinderela; pra falar a verdade, eu vou meio que escrever de novo essa história sabe?Vai ser o mesmo conteúdo e tal, mais sinto que precisa de uns retoques ;)
Mais obrigada...fiquei feliz que tenha gostado *-*
.;
E o seu blog é um sucesso :)

Má. disse...

Quando as certezas que tinhamos se transformam apenas em fantasias, e não coseguimos explicar, nem entender, é o momento do tempo agir. Só ele pode nos fazer ver que nem tudo dura pra sempre, nem todas as verdades que ouvimos são eternas, mas os sentimentos, só nós mesmas podemos lidar com eles, nem o tempo, nem um novo amor, nem nada além de nós pode curá-los.

beeijos
;*

Querido Diário Otário disse...

"Eu queria poder afirmar todos estes pseudo-defeitos, mas eu não posso.
Por mais que sejam exatamente seus.
Eu simplesmente não posso.
Não sei porquê."

Talvez porque no fundo você ainda o ama.

Lindo!

Beijos doces ;*

***...JéèHhH...*** disse...

Oiiii tem um presentinhu pra voc láh no meu blog

Beiijooooos

A Garota da casa ao lado. disse...

Oi, adoro o seu blog, por isso deixei um presentinho pra você no meu blog...

vai lá conferir!

Beijooo ;*

***...JéèHhH...*** disse...

oii tem um presentinhu pra voc no meu blog

Beijos

A.C disse...

Garota...amei o q escreveu, escreve mto bem,
sei q mtos, ou melhot, todos, devem dozer isso, mas é a verdade, acredite.
Lindo mesmo.
Com toda a certeza estarei sempre por aki.
Bjos

gabyzinhastar disse...

A cada visita q faço, eu me surpreendo cada vez mais.
Vc consegue tranmitir tudo o que vc ta sentindo em forma de palavras, e isso é uma coisa boa.

Estarei sempre por aqui.
BeijOs

Gabriela Magnani disse...

Concordo. Você coloca as palavras de uma forma muito boa para ler. Beijos!

Carolzinha. disse...

Olá, eu te indiquei para um selo lá no meu blog (:

Beeijos..

Naty Lolly disse...

Noossa!!!
Pensei que eu era a única que tinha os sonhos invadidos por um pseudo-alguém. Aquele príncipe que só existe em meus sonhos mais profundos...

Bem... espero que esses "pseudos" se tornem realidade um dia. Tanto pra mim quanto pra você.

Bjinhos!

thati disse...

nossa kiiiiiiinha :') shoray *---* perfect ♥

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Há dias venho tentando escrever alguma coisa. Porém, nada sai.
Parece que a minha inspiração foi toda junto com as lágrimas que saíram dos teus olhos, dos meus... Parece que tudo aquilo em que eu me baseava para fazer os outros fantasiarem com as minhas próprias fantasias, voou com o último sorriso compartilhado. Com o último toque...
Mas, como posso escrever tais palavras, se não as presenciei? Como posso fazer todos imaginarem que tudo não passa de uma história de amor perdida, se eu nunca a tive?
Parece que tudo que imagino, desenho em minha mente, vai para a lista das coisas que nunca vão acontecer.
Parece que tudo aquilo que eu sempre quis, se resumia em você.
Mas, afinal, quem é você?
Queria tanto conhecer essa tal pessoa que invade meus sonhos, domina as minhas poesias.
Você tem um coração? Deve ter, o meu.
Nossa, que coisa sentimental. O meu.
É, o meu. O coração que você maltrata quando vem nos meus sonhos e diz que vai ficar.
Quando você bagunça a minha cabeça, faz as palavras faltarem.
Deixa apenas suspiros.
E, eu volto para a fala apaixonada.
Volto a te defender.
Quando, na verdade, eu deveria dizer todos os seus defeitos.
Deveria dizer que você é só mais uma pessoa sem caráter, que vai com quem te oferece mais;
Deveria dizer que você é um mentiroso. Pois disse que ia voltar, e eu não te vejo há algum tempo.
Deveria dizer que você tem um péssimo gosto, pois odeio o seu perfume. Por mais que ele seja viciante...
Mas, eu não posso. Eu queria poder afirmar todos estes pseudo-defeitos, mas eu não posso.
Por mais que sejam exatamente seus.
Eu simplesmente não posso.
Não sei porquê.

Mais um pseudo-texto, para um pseudo-você;

25 comentários:

Marcos... disse...

Kynha você escreve muito bem, espões bem suas emoçoes, de uma forma que ele não fica melo dramatico, mas ainda assim ele é apaixonado, de certa forma o contexto é "VIVO", eu diria que ele é envolvente e contagiante.

agora um conselho, na vida, o primeiro passo para o fracaço, é o medo de falhar, não tenha medo de voar, porque ficar com medo de voar. espero que tudo isso passe.

Letícia disse...

Concordo plenamente! Você escreve muito e bem e sabe perfeitamente transformar em palavras o que sente, agora, o que tenho a dizer referente ao contexto é simples.
ORE. Garanto que funciona!
Beijo!

Paulo Henrique disse...

Um dia eu ainda vou socar esse garoto que penetra nos sonhos da minha pequena garotinha! <3

Talita S. disse...

É,estou no Rio :) E lendo seu blog daqui mesmo x)

Um pseudo-beijo pra você ;*

Camila :) disse...

caracas qee coraçãoo hein,
axei um texto muitoo beeem escrito *.*

Nina Fernandes disse...

Muito lindo o texto!

Mayana Carvalho.♥ disse...

A vontade de esquecer, de se fazer libertar é grande. Mas o sentimento que se senti não deixa, não permiti...

Amei!
Beijos

Ni ... disse...

Ah Kinha... pseudo-romances permeiam nossa vida...
O segredo é não desistir nunca...

Beijo e mais beijos...

'Junior - Lemão' disse...

*-*... como sempre, indiscutivel...

sem comentários... apesar, um comentário:

"Você tem um coração? Deve ter, o meu."

depois q li essa frase nem consigui ler o resto direito...

MUITO BOMM!!

Professor Che disse...

"Parece que tudo aquilo em que eu me baseava para fazer os outros fantasiarem com as minhas próprias fantasias, voou com o último sorriso compartilhado" Fantástico!! Simplesmente profundo e intenso! Sentimentos diversos, isso traz solidão. Não saber como agir depois de determinado acontecimento. Isso faz o coração pirar em um descompasso incerto. Excelente a forma como vocÊ conseguiu transmitir isso. Confesso que seu texto me atingiu em cheio, e vc conseguiu dividir sua tristeza, pelo menos eu peguei um pouco dela. Veja pelo lado bom, não sabendo como expressar, você expressou algo, foi apenas sua fantasia que mudou o tom, mas ela continuou existindo, de uma forma mais suave e realista. Novamente devo dizer FANTÁSTICO!!!!! Bjs

Nath disse...

Oi, eu simplesmente amei seu texto. estou sem o que dizer..
Continue escrevendo assim, pois é muito bom ler textos como os seus..
Bjks
Nath Souza

Joao disse...

Pow.. Bonitao esse poema..!!

=*

Thiago disse...

esses pseudos demorar a partir.

Carolzinha_ disse...

Olá,obrigada pelo comentário da minha história : A Consusa Cinderela; pra falar a verdade, eu vou meio que escrever de novo essa história sabe?Vai ser o mesmo conteúdo e tal, mais sinto que precisa de uns retoques ;)
Mais obrigada...fiquei feliz que tenha gostado *-*
.;
E o seu blog é um sucesso :)

Má. disse...

Quando as certezas que tinhamos se transformam apenas em fantasias, e não coseguimos explicar, nem entender, é o momento do tempo agir. Só ele pode nos fazer ver que nem tudo dura pra sempre, nem todas as verdades que ouvimos são eternas, mas os sentimentos, só nós mesmas podemos lidar com eles, nem o tempo, nem um novo amor, nem nada além de nós pode curá-los.

beeijos
;*

Querido Diário Otário disse...

"Eu queria poder afirmar todos estes pseudo-defeitos, mas eu não posso.
Por mais que sejam exatamente seus.
Eu simplesmente não posso.
Não sei porquê."

Talvez porque no fundo você ainda o ama.

Lindo!

Beijos doces ;*

***...JéèHhH...*** disse...

Oiiii tem um presentinhu pra voc láh no meu blog

Beiijooooos

A Garota da casa ao lado. disse...

Oi, adoro o seu blog, por isso deixei um presentinho pra você no meu blog...

vai lá conferir!

Beijooo ;*

***...JéèHhH...*** disse...

oii tem um presentinhu pra voc no meu blog

Beijos

A.C disse...

Garota...amei o q escreveu, escreve mto bem,
sei q mtos, ou melhot, todos, devem dozer isso, mas é a verdade, acredite.
Lindo mesmo.
Com toda a certeza estarei sempre por aki.
Bjos

gabyzinhastar disse...

A cada visita q faço, eu me surpreendo cada vez mais.
Vc consegue tranmitir tudo o que vc ta sentindo em forma de palavras, e isso é uma coisa boa.

Estarei sempre por aqui.
BeijOs

Gabriela Magnani disse...

Concordo. Você coloca as palavras de uma forma muito boa para ler. Beijos!

Carolzinha. disse...

Olá, eu te indiquei para um selo lá no meu blog (:

Beeijos..

Naty Lolly disse...

Noossa!!!
Pensei que eu era a única que tinha os sonhos invadidos por um pseudo-alguém. Aquele príncipe que só existe em meus sonhos mais profundos...

Bem... espero que esses "pseudos" se tornem realidade um dia. Tanto pra mim quanto pra você.

Bjinhos!

thati disse...

nossa kiiiiiiinha :') shoray *---* perfect ♥

 

Blog Template by YummyLolly.com
Sponsored by Free Web Space