sexta-feira, 20 de março de 2009

Eu sei que sou teimosa, mas as vezes parece burrice. Será que não aprendi que não posso trocar o brilho do seu sorriso pelo das estrelas? Será que não me convenci que os teus olhos tem tanta presença e intensidade como nenhum outro que eu jamais tenha visto?!
Mas, eu tentei. De todas as maneiras juro que tentei.
A cada passo que dava me convencia de que tinha que te esquecer, isso já estava ferindo o meu orgulho. Isso já estava mudando a minha maneira de ser.
Por outra vez tentei te trocar por mim mesma. Tentar me amar da maneira que eu um dia te amei – que amo. Mas não me pareceu possível. Parece que por mais que o meu narcisismo aflore em minha pele e domine o meu oxigênio, eu não vou deixar de te colocar em primeiro lugar.
Por mais que eu sempre diga ‘eu’. Por mais que tudo que eu diga, seja exclusivamente – ou pelo menos pareça, para você leitor – aquilo que eu sinto.
Eu lia estas palavras e não conseguia parar de pensar no que tanto desejava, em te esquecer.
E eu consegui.
Pena que na época eu não conseguia ver que a cada passo que eu dava, você ficava mais para trás. A cada lágrima que eu derramava, você era menos responsável. Que o buraco que você deixou em meu peito não existe de tal maneira como existia. Agora é apenas uma cicatriz, uma lembrança.
Mas, nem toda lembrança é ruim. Penso que hoje te vejo apenas como um parágrafo passageiro em minha vida – aquele que depois de muito tempo, por mais que comovente, não me faça mais chorar. Me faça lembrar do quanto eu mudei todo esse tempo que queria provar para todos que já te esquecera – quando na verdade tinha que provar apenas para mim mesma.
Pena que eu não vi o quanto o meu rosto ficou diferente quando eu deixei de chorar. O quanto mais eu fiquei visível quando eu queria ser. O quanto as coisas começaram a acontecer para mim, quando eu deixei de me importar com o que você pensaria. Eu apenas tenho que ligar para o meu pensamento. Só o meu...
Então nesse texto, me fiz um desafio diferente – que é o mesmo que eu quero fazer para você. Pense o quanto aquilo que era ruim te fez bem. Pense no quanto você mudou quando deixou de derramar aquelas lágrimas.
E, se ainda as derrama, se olhe no espelho. Tente parar de parecer invisível e faça com que os outros o vejam. Faça com que tudo aquilo que te fazia sorrir antes volte. Não afaste mais ninguém.
Quem sabe assim, você possa criar um para sempre só seu.
E esse para sempre.. Esse sim, nunca acaba.




Queridos, desculpem por não ter postado por tanto tempo, mesmo. O meu tempo tem sido muito disputado entre várias coisas, e o meu blog - infelizmente - tem ficado com uma prioridade menor.
Estou cheeeeeeeeia de textos novos - muitos que quero postar aqui. Mas quero atingir um número médio de comentários para poder postar cada um, pode ser ?
Como sempre, obrigado por tudo. Vocês são maravilhosos.
Aaaah, não posso esquecer.
Recebi vários selos, memês, etc.
Não me vejam com uma cara ruim, é que eu não tenho quase tempo de postar aqui, então não tenho como pesquisar para passar para outros, etc.
Mas agradeço a todos de coração - mesmo.
Beijos ;*

21 comentários:

Hey moon disse...

aain, muiito bom kinhaa *__*
me ajudou pra caramba.

escreveu perfeitamente bem, como sempre!

Anônimo disse...

Mtooo perfeeeito meeeo
seem noçãão
si tivesse maal eu ja chorava
UIADSHUDSIUIUDSAIUDSAUDSAHUDSAIU'
mtoo lindo
parabééns
bjoooos ;*

Anônimo disse...

Você sabe quem eu sou,mas desculpa não ler seus post.mas de acordo com o pouco que eu li você poderia usar para criar um história,real ou totalmente fictícia.Faça como eu,eu estou escrevendo minha história que ja ta no 11° capítulo la no nyah se você se interessar vai la no www.nyah.com.br e procure por Saitoshiba

rara disse...

adoro o jeito como tu escreve xD
tavaapaixonada mesmo :X
xD

:*

Anônimo disse...

Pooxa kinha...
;_;

Adorei... nem sabia q vc fazia textos assim o.o

Parabens... mto lindo ^^

bju

Anônimo disse...

Caraca, muito bonito Kinha!
adoro o jeito como tu escreve xD[2]

Beijãoo

ass:Yago

Gabriela Magnani disse...

Senti saudade dos seus textos, que bom que voltou :D

Maah disse...

que ótimo que você deu a volta por cima. ficar mal assim não adianta nada. e, lá na frente, você veria que todo esse tempo que perdeu não tem volta.
beeeijo

Mannynho disse...

Adorei *----*
Lerei mais

Joao disse...

HIihihihi
Adorei o Post :D
bem sua cara =D

beijos

Anônimo disse...

ai que uó ODIEI
achei um CU!

Cynthia disse...

Entendo de lembranças e cicatrizes. Só não sei fazer relação entre uma e outra.

Bettie Van Pelt Bopper disse...

parabéns, lindo textinho!!!

celebro ;)

Tollo disse...

Não sei se faz sentido esse meu jeito de pensar mas eu penso assim:

"Todos temos um valor (como uma moeda mesmo), não adianta querermos "comprar" uma pessoa de valor incompatível ao nosso e vice-versa, pois sempre acaba sobrando ou faltando certas "quantias".

Pensemos numa "balança de valores", cada um deposita sua "quantia" lá. A balança só estará em perfeito equilíbrio qdo as quantias forem compatíveis.

Não adianta "roubar" nessa pesagem, não adianta jogar um pouco de seu peso pro outro lado. O perfeito equilíbrio acontece naturalmente através das conquistas individuais.

Portanto, pese sempre seu valor e busque a compatibilidade correspondente a ele.

kinha disse...

Que lindo, tollo *-*

Tollo disse...

^
^
^

:P

Day disse...

Kiiiinha, muito bom. voce escreve muuuuito bem, parabéns *-*. e o tollo arrasou também ;o

Tataahzinha disse...

Oiiii! Meu blog mudou!
Agora é esse aqui: www.peripeciasdatatah.blogspot.com

Obrigada a todos que NUNCA me abandonaram e estiveram do meu lado mesmo depois do meu afastamento!
Quem me acompanhava, peço que acompanhem no outro e saiam do antigo tá?

e agora.. VAMO QUE VAMOOO que eu to de volta!
beeeijo

BizudoInnecco disse...

Escritora, você escreve muito. Fico impressionado como você consegue transmitir tudo isso que você sente, nos 'teletransportar' para o seu mundo, onde você sente tudo isso. Cada vez melhor, e como sempre MUITO bom.
Beijos do amigo e "escritor", João Pedro Innecco

dreamsaboutme disse...

Que texto lindo..sincero..puro!Achei seu jeito de escrever bem delicado. Amor..e teimosia..às vezes é um "casamento" que vale à pena..Pense nisso!Beijos!Me visite qando quiseres!!!!

A Garota da casa ao lado. disse...

Atençãoo gente! Novidades no Blog a partir do mês de maio! Confiram!

Quer saber mais sobre as novidades? Acesse o Blog e confira!

Beijoos

sexta-feira, 20 de março de 2009

Eu sei que sou teimosa, mas as vezes parece burrice. Será que não aprendi que não posso trocar o brilho do seu sorriso pelo das estrelas? Será que não me convenci que os teus olhos tem tanta presença e intensidade como nenhum outro que eu jamais tenha visto?!
Mas, eu tentei. De todas as maneiras juro que tentei.
A cada passo que dava me convencia de que tinha que te esquecer, isso já estava ferindo o meu orgulho. Isso já estava mudando a minha maneira de ser.
Por outra vez tentei te trocar por mim mesma. Tentar me amar da maneira que eu um dia te amei – que amo. Mas não me pareceu possível. Parece que por mais que o meu narcisismo aflore em minha pele e domine o meu oxigênio, eu não vou deixar de te colocar em primeiro lugar.
Por mais que eu sempre diga ‘eu’. Por mais que tudo que eu diga, seja exclusivamente – ou pelo menos pareça, para você leitor – aquilo que eu sinto.
Eu lia estas palavras e não conseguia parar de pensar no que tanto desejava, em te esquecer.
E eu consegui.
Pena que na época eu não conseguia ver que a cada passo que eu dava, você ficava mais para trás. A cada lágrima que eu derramava, você era menos responsável. Que o buraco que você deixou em meu peito não existe de tal maneira como existia. Agora é apenas uma cicatriz, uma lembrança.
Mas, nem toda lembrança é ruim. Penso que hoje te vejo apenas como um parágrafo passageiro em minha vida – aquele que depois de muito tempo, por mais que comovente, não me faça mais chorar. Me faça lembrar do quanto eu mudei todo esse tempo que queria provar para todos que já te esquecera – quando na verdade tinha que provar apenas para mim mesma.
Pena que eu não vi o quanto o meu rosto ficou diferente quando eu deixei de chorar. O quanto mais eu fiquei visível quando eu queria ser. O quanto as coisas começaram a acontecer para mim, quando eu deixei de me importar com o que você pensaria. Eu apenas tenho que ligar para o meu pensamento. Só o meu...
Então nesse texto, me fiz um desafio diferente – que é o mesmo que eu quero fazer para você. Pense o quanto aquilo que era ruim te fez bem. Pense no quanto você mudou quando deixou de derramar aquelas lágrimas.
E, se ainda as derrama, se olhe no espelho. Tente parar de parecer invisível e faça com que os outros o vejam. Faça com que tudo aquilo que te fazia sorrir antes volte. Não afaste mais ninguém.
Quem sabe assim, você possa criar um para sempre só seu.
E esse para sempre.. Esse sim, nunca acaba.




Queridos, desculpem por não ter postado por tanto tempo, mesmo. O meu tempo tem sido muito disputado entre várias coisas, e o meu blog - infelizmente - tem ficado com uma prioridade menor.
Estou cheeeeeeeeia de textos novos - muitos que quero postar aqui. Mas quero atingir um número médio de comentários para poder postar cada um, pode ser ?
Como sempre, obrigado por tudo. Vocês são maravilhosos.
Aaaah, não posso esquecer.
Recebi vários selos, memês, etc.
Não me vejam com uma cara ruim, é que eu não tenho quase tempo de postar aqui, então não tenho como pesquisar para passar para outros, etc.
Mas agradeço a todos de coração - mesmo.
Beijos ;*

21 comentários:

Hey moon disse...

aain, muiito bom kinhaa *__*
me ajudou pra caramba.

escreveu perfeitamente bem, como sempre!

Anônimo disse...

Mtooo perfeeeito meeeo
seem noçãão
si tivesse maal eu ja chorava
UIADSHUDSIUIUDSAIUDSAUDSAHUDSAIU'
mtoo lindo
parabééns
bjoooos ;*

Anônimo disse...

Você sabe quem eu sou,mas desculpa não ler seus post.mas de acordo com o pouco que eu li você poderia usar para criar um história,real ou totalmente fictícia.Faça como eu,eu estou escrevendo minha história que ja ta no 11° capítulo la no nyah se você se interessar vai la no www.nyah.com.br e procure por Saitoshiba

rara disse...

adoro o jeito como tu escreve xD
tavaapaixonada mesmo :X
xD

:*

Anônimo disse...

Pooxa kinha...
;_;

Adorei... nem sabia q vc fazia textos assim o.o

Parabens... mto lindo ^^

bju

Anônimo disse...

Caraca, muito bonito Kinha!
adoro o jeito como tu escreve xD[2]

Beijãoo

ass:Yago

Gabriela Magnani disse...

Senti saudade dos seus textos, que bom que voltou :D

Maah disse...

que ótimo que você deu a volta por cima. ficar mal assim não adianta nada. e, lá na frente, você veria que todo esse tempo que perdeu não tem volta.
beeeijo

Mannynho disse...

Adorei *----*
Lerei mais

Joao disse...

HIihihihi
Adorei o Post :D
bem sua cara =D

beijos

Anônimo disse...

ai que uó ODIEI
achei um CU!

Cynthia disse...

Entendo de lembranças e cicatrizes. Só não sei fazer relação entre uma e outra.

Bettie Van Pelt Bopper disse...

parabéns, lindo textinho!!!

celebro ;)

Tollo disse...

Não sei se faz sentido esse meu jeito de pensar mas eu penso assim:

"Todos temos um valor (como uma moeda mesmo), não adianta querermos "comprar" uma pessoa de valor incompatível ao nosso e vice-versa, pois sempre acaba sobrando ou faltando certas "quantias".

Pensemos numa "balança de valores", cada um deposita sua "quantia" lá. A balança só estará em perfeito equilíbrio qdo as quantias forem compatíveis.

Não adianta "roubar" nessa pesagem, não adianta jogar um pouco de seu peso pro outro lado. O perfeito equilíbrio acontece naturalmente através das conquistas individuais.

Portanto, pese sempre seu valor e busque a compatibilidade correspondente a ele.

kinha disse...

Que lindo, tollo *-*

Tollo disse...

^
^
^

:P

Day disse...

Kiiiinha, muito bom. voce escreve muuuuito bem, parabéns *-*. e o tollo arrasou também ;o

Tataahzinha disse...

Oiiii! Meu blog mudou!
Agora é esse aqui: www.peripeciasdatatah.blogspot.com

Obrigada a todos que NUNCA me abandonaram e estiveram do meu lado mesmo depois do meu afastamento!
Quem me acompanhava, peço que acompanhem no outro e saiam do antigo tá?

e agora.. VAMO QUE VAMOOO que eu to de volta!
beeeijo

BizudoInnecco disse...

Escritora, você escreve muito. Fico impressionado como você consegue transmitir tudo isso que você sente, nos 'teletransportar' para o seu mundo, onde você sente tudo isso. Cada vez melhor, e como sempre MUITO bom.
Beijos do amigo e "escritor", João Pedro Innecco

dreamsaboutme disse...

Que texto lindo..sincero..puro!Achei seu jeito de escrever bem delicado. Amor..e teimosia..às vezes é um "casamento" que vale à pena..Pense nisso!Beijos!Me visite qando quiseres!!!!

A Garota da casa ao lado. disse...

Atençãoo gente! Novidades no Blog a partir do mês de maio! Confiram!

Quer saber mais sobre as novidades? Acesse o Blog e confira!

Beijoos

 

Blog Template by YummyLolly.com
Sponsored by Free Web Space